Site Loader
Avenida Professor Manoel José Pedroso, 701 - Pq Bahia - Cotia
(Da esquerda para direita) As nutricionistas Tamires Rodrigues e Renata Derllany combinam alimentos saudáveis

Não é novidade que uma boa saúde começa pela alimentação. Mas ainda há práticas que precisam de alerta. Cortar calorias, trocar um alimento por outro, seguir receitas radicais, às vezes, podem ser armadilhas e trazer riscos à sua saúde. A nutricionista Tamires Rodrigues de Melo, que atua no Hospital São Francisco, explica o impacto que algumas dietas alimentares podem causar ao corpo.

Sabe quando decidimos, de um dia para outro, mudar os hábitos alimentares em busca de uma vida mais saudável? Apesar de ser uma boa iniciativa, precisa da orientação de um nutricionista. Cada organismo funciona de uma maneira, dietas radicais podem causar deficiências nutricionais.

A nutricionista faz esse alerta, principalmente sobre receitas que geralmente são pesquisadas na internet e prometem resultados rápidos.

“Um dos maiores erros das pessoas é seguir dietas milagrosas sem embasamento científico. Quando a pessoa faz um exame laboratorial vê que está desnutrida ou anêmica. O corpo precisa de quantidades específicas e o metabolismo é diferente. As dietas da moda podem fazer muito mal sem a orientação de um nutricionista”, orienta a profissional.

De olho no rótulo

As informações nutricionais contidas nos rótulos das embalagens de alimentos industrializados, além de serem obrigatórias, são uma forma de controlar o consumo diário de calorias, sódio, proteínas, carboidratos, vitaminas, fibras, gorduras e conservantes que estão sendo consumidos, por exemplo.

A escolha dos alimentos também deve ser criteriosa. “Não quer dizer que um alimento integral é saudável, as vezes ele apresenta um nível alto de açúcar”, exemplifica a nutricionista.

Zero gordura trans?

Mesmo com a frase “zero gordura trans” estampada nas embalagens de industrializados, o alimento pode, sim, conter esse tipo de gordura que faz muito mal à saúde. “A porção energética da gordura trans não está presente em uma pequena porção de 30 gramas, por exemplo, mas se as pessoas comem um pacote inteiro de bolachas é claro que a quantidade não será mais zero”, alerta Tamires.

Sobre o serviço de nutrição do Hospital São Francisco

A nutrição clínica é aplicada nos pacientes internados com o objetivo de prevenir o aparecimento de doenças crônicas, como diabetes descompensada ou desnutrição intra hospitalar, além de manter e recuperar o estado nutricional por meio de planos estratégicos. Os pacientes recebem acompanhamento e orientações alimentares.

O Hospital São Francisco é acreditado pela ONA – Organização Nacional de Acreditação -, entidade que certifica os melhores hospitais do Brasil. A unidade fica na avenida Professor Manoel José Pedroso, 701 – Cotia.