Site Loader
Avenida Professor Manoel José Pedroso, 701 - Pq Bahia - Cotia

Outubro Rosa: Vamos bater um papo sobre câncer de mama? - HSF

 

Chegamos a outubro e mesmo com todas as situações acontecidas ao longo deste ano, este é um importante mês e faz parte na verdade de um relevante movimento de saúde, estamos falando sobre o “Outubro Rosa”.

Para quem desconhece, o décimo mês de cada ano, simboliza a importância e necessidade de discutirmos sobre o câncer de mama.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), somente em 2018, 17.763 pessoas morreram por esta doença, sendo 17.572 mulheres e 189 homens. E sim, se este segundo número te gerou dúvidas, aqui vai o esclarecimento de que sim, o câncer de mama também pode atingir homens.

Mas afinal, o que você sabe sobre o câncer de mama?

Para te ajudar, confira a seguir um panorama geral que fizemos sobre a doença.

 

E então, você sabe o que é o câncer de mama?

Para começar, se você não sabe o que é, o câncer de mama é uma enfermidade causada pela multiplicação de células da região da mama de forma desordenada. Esse crescimento resulta em células consideradas anormais, o que gera um tumor.

 

Câncer de mama é um papo para todo o ano

Vale lembrar que embora o mês de outubro seja o foco e tenha maiores manifestações sobre este tema, esta é uma discussão na verdade para qualquer período do ano e todas as suas particularidades como exames, autoexames, sintomas, tratamentos, podem e devem ser abordados a todo o momento.

 

Diagnóstico precoce é a solução

Vamos falar mais à frente sobre exame, autoexame, mas antes de mais nada é necessário reforçarmos a importância do diagnóstico precoce.

Semelhante à outras doenças, o câncer de mama, quando diagnosticado precocemente, facilita não só o tratamento, mas contribui para uma opção mais tranquila e menos agressiva para o acompanhamento do caso do/da paciente.

Por isso, é necessário que todas as suas práticas de saúde estejam em dia.

 

Quais os sintomas do câncer de mama?

De acordo com o INCA, o câncer de mama pode se manifestar por meio de sinais como:

  • Alterações no bico do peito (mamilo);
  • Nódulo, semelhante a um caroço (esta é a principal forma de manifestação do câncer de mama)**;
  • Nódulos na região das axilas e pescoço;
  • Pele da mama com a cor avermelhada.

** Sobre os nódulos, eles geralmente são indolores.

 

Autoexame é importante. Você sabe como fazê-lo?

Além da mamografia, que embora tenha uma pré-classificação de idade, mas pode ser solicitada a qualquer momento por um profissional em caso de suspeitas, o autoexame é necessário e auxilia no diagnóstico precoce do câncer de mama.

Para realizá-lo é totalmente simples e fácil:

  • Caso esteja em frente a um espelho, deixe os braços abaixados e rentes ao corpo. Feito isso, avalie se há alguma alteração no formato, cor ou erupção nos mamilos/mamas;
  • Agora se estiver no banho, com os dedos retos, faça movimentos circulares e horizontais. Para que o autoexame seja mais efetivo, erga o braço do lado a qual está realizando a verificação e coloque-o atrás da cabeça;
  • Por fim, após realizar esta última orientação, pressione levemente a mama e verifiquei se sai algum tipo de secreção.

 

Como é feito o tratamento do câncer de mama?

Igual à outras doenças, o tratamento é alternado de acordo com o estado e estágio da doença.

Para o câncer de mama, exclusivamente, existem opções que variam entre: cirurgia, quimioterapia, radioterapia, entre outros.

 

Conte com o Hospital São Francisco

Sabemos o quão difícil, principalmente do ponto de vista emocional, esse momento pode ser, mas queremos que saiba que estamos aqui para ajudá-lo em todo esse processo.

Não só agora durante o mês do movimento “Outubro Rosa”, mas em qualquer período ou especialidade que precisar (consulte as especialidades disponíveis conforme a unidade).

 

Câncer de mama não é uma doença exclusiva da mulher

Para encerrarmos, é muito importante esclarecermos este ponto. Conforme citado no início desse texto, sim, as mulheres são o grupo mais afetado pelo câncer de mama, mas não necessariamente o único, por isso todas as recomendações, inclusive a do autoexame, devem sim ser seguidas por homens.

 

Precisa de auxílio ou orientação? Conte com os profissionais do Grupo São Francisco.

 

Conteúdo: Equipe de Comunicação.  Foto: Divulgação.

Confira outras notícias como esta acessando o link.